terça-feira, 15 de junho de 2010

Carlos Drummond de Andrade




Carlos Drummond de Andrade, também escreveu e de maneira envolvente, pedindo "Noticias de Espanha". Drummond construiu o monólogo no qual pergunta e responde a si mesmo:

"Aos navios que regressam marcados de negra viagem,
Aos homens que neles voltam com cicatrizes no corpo ou de corpo mutilado,
Peço notícias de Espanha...
Ninguém as dá.
O silêncio sobe mil braças e fecha-se entre as substâncias mais duras.
Hirto silêncio de muro, de pano abafando a boca, de pedra esmagando ramos,
E seco e sujo silêncio em que se escuta vazar
Como no fundo da mina um caldo grosso e vermelho...
Cansado de vã pergunta, farto de contemplação,
Quisera fazer do poema não uma flor:
Uma bomba e com essa bomba romper o muro que envolve Espanha."

Nenhum comentário:

Postar um comentário